Beleza exterior

Posts Tagged ‘tutorial

Eu tinha prometido que ia fazer esse tutorial no vídeo desse post aqui. E, bom, eu sou meio enrolenta, mas não falhei: aqui está. Num momento oportuno, porque não quero nem ouvir falar de galera não sabendo se maquiar em 2011. Nem vem, gata, essa aqui é fáaaaacil de doer, e é só você ter duas ou três cores basiquinhas.

Eu vou usar esse quarteto da Chanel, o Kaska Beige (não sofram, usa qualquer cor parecida, gata!). Só deixo de fora a mais escura, porque minha ideia é um look pro dia. Também vocês podem ver que só tem dois pincéis: um pra passar a sombra (o 239, M.A.C) e um pra esfumar (o 224, também M.A.C).

Vamos lá, então, suas lindas:

Vou começar com um primer, porque essa sombra que eu usei é ryca, mas a pigmentação… quén-quén-quén. Não muito digna. Se a sua for suuuper ótima, pode pular essa fase, tá, tem problema não.

Usando a sombra média, que é um tom meio cobre claro, cubro a pálpebra móvel inteira (pincel 239).

Daí você pega o pincel gordinho (224), e usa a sombra média, que é um marrom muito clarinho. Esfuma no côncavo e acima dele, pra criar bem um sombreado leve. É um efeito que quase não se vê, mas que dá um super destaque aos olhos.

Apenas se quiser, use o mesmo pincel (dando uma limpadinha num lencinho ou nas costas das mãos mesmo) para pegar a sombra mais clara e iluminar o arco da sobrancelha.

O olho fica completo com lápis bege (Duda Molinos) na linha d’água, curvex (Shu Uemura) e rímel (Marvelous Mineral, Kiehl’s).

E o look final, com blush rosado (Fleur Power, M.A.C) e batom também rosado, mas meio cor de boca (Rouge Coco Mademoiselle, Chanel).

O vídeo da vez é pra ensinar uma coisa tão, tão básica, que acho até meio vergonhoso da minha parte ter essa pretensão, sabe. Mas, de qualquer forma, é algo que comecei a fazer recentemente, e acho que pode servir de inspiração para várias meninas.

A gente cisma que pra usar sombra tem que fazer combinações de cores, esfumados mirabolantes, olhos dramáticos, e por aí vai. Agora, eu quero mostrar que nem sempre isso é verdade. Claro que todas essas coisas são divertidas, mas com só uma cor também dá pra fazer um olho digníssimo. Isso mesmo que você ouviu: só uma cor, e vai ter profundidade, vai ter côncavo, vai ser uma ma-ra-vi-lha. (vendedora do shoptime mode off). A cor, no caso, é a Aubergine, do Duda Molinos, um vinho sensacionaaaalll.

Bom, uma última informação: eu SEI que no começo do vídeo parece que vai ficar tudo hor-ro-ro-so, mas prometo que no fim vai dar certo. Clica lá – e não esquece de comentar pra me dizer se vocês gostaram, que eu sou carente (e fazer vídeo dá mó trabalho)!

Eba, finalmente mais um tutorial pra vocês se divertirem quando quiserem um make de balada bem colorido. Porque com esse de hoje nem eu saio de dia, tá. Ele é bem chamativo, mas é maravilhoso.

Como sempre, eu usei várias sombras diferentes, de várias marcas diferentes também, mas você não precisa e nem deve se apegar a isso. Olha quais são os tons, vê na sua gavetinha ou passa na farmácia ou na perfumaria ou caça na internet e copia mesmo. Para os pincéis (os meus são M.A.C.) vale a mesmíssima coisa: adapte o que você tem aí (desde que não seja aquela esponjinha uó!).

E também sempre vale lembrar que se você não entender o que eu tô falando aqui no meio, a gente tem um dicionário maravilhoso (hahahahaha).

A estrela desse tutorial é o pigmento Teal, da M.A.C. Então, uma dica antes de mais nada: pigmentos e sombras soltas fazem sujeira. Então, você pode deixar pra fazer a pele depois ou colocar sempre um lencinho de papel abaixo do olho na hora de aplicar. Ou as duas coisas, hahahaha. Eu também já começo o make com primer (Urban Decay Primer Potion) na pálpebra – nesse caso, só para fixar melhor, porque a cor já é bem intensa. Vamos lá:

Começamos passando esse verde maravilhoso (pigmento Teal, da M.A.C.), com o pincel 252, de cerdas sintéticas, em toda a pálpebra móvel.

Depois, vamos usar o pincel 266, para passar a sombra Creep, um azul escuro com fundo grafite (?), da paleta Naked, da Urban Decay (vai ter post sobre ela, porque é maravilhosa!), no canto externo e côncavo. Nesse passo pode deixar marcado, não se preocupe com perfeição…

… Porque agora a gente vai pegar um pincel mais gordinho e fofinho (aqui, o 224), pra esfumar tuuuudo. Pode esfumar bastante, com vontade. Se achar que ficou sem cor, repete o passo anterior e esfuma de novo!

Hora do preto! Vamos usar um pincel tipo lápis (219) para passar sombra preta opaca (Carbon, M.A.C.) no “v” do canto externo, só pra dar uma profundidade bacana.

Pra iluminar, sombra um tom mais clara que sua pele (Virgin, Urban Decay), também opaca, no osso da sobrancelha e cantinho interno do olho (usei o pincel 275, mas só porque era o que estava limpo, pode usar qualquer um! Hahahaha)

Pra finalizar, curvex (Shu Uemura), lápis azul-marinho (Maybelline Liner Express) rente aos cílios inferiores e cantinho externo dos superiores e rímel (DiorShow Iconic). E pronto! (não reparem no borrãozinho de rímel no cantinho. Ops)

Make completa: a pele foi feita com base Teint Resist, Yves Saint-Laurent; pó Mineralize Skinfinish Natural, M.A.C., corretivo Studio Sculpt, M.A.C.,; blush Orgasm, Nars; iluminador Belightful, M.A.C. O batom é o Myth, da M.A.C.

E aí, meninas, gostaram? Será que dá pra se arriscar?

Demorou pra sair esse primeiro passo a passo aqui do blog, eu sei. Mas finalmente ele está aqui. Não faço ideia de quanto ele vai ser útil (oi, sinceridade demais? Hahahaha), e nem de se as fotos são ok pra entender o passo a passo. Por isso, please, deixem comentários e me digam, ok?

Antes de começar: eu usei várias sombras diferentes, de várias marcas diferentes também. Se você for tentar fazer, é só lembrar que pode usar isso como inspiração, e pegar tons que você tenha e sejam parecidos – ninguém precisa se preocupar porque “ah, não tenho essa Urban Decay ou M.A.C. que ela usou, então vou fazer a mesma maquiagem de sempre”. Nem vem com essa desculpa, passa na farmácia e compra uma sombra roxinha lá mesmo, por cinco reais, que serve super bem.

Ah! Outra coisa: se você não entender alguma coisa, vale a pena voltar no nosso minidicionário, né? Aqui!

Eu comecei já com primer (Urban Decay Primer Potion) na pálpebra – para a sombra durar mais e ficar mais intensa. Daí, o primeiro passo é pegar o pincel de sombra básico (usei o M.A.C. 239) e passar sombra prateada (Start Me Up, Sigma) clarinha no canto interno do olho (tipo no primeiro terço da pálpebra)

No segundo terço, meio do olho, você vai passar sombra rosa clara, com o mesmo pincel. Usei a sobra Grifter, da paleta Sustainable Shadow Box, da Urban Decay

Agora você troca o pincel. Estou usando o M.A.C. 226, que é fofo, de esfumar, mas tem a pontinha mais fina. Com ele, pega a sombra roxa (essa é da paleta Secrets Collection, do Boticário), e passa no terço exterior da pálpebra, puxando para o côncavo. Pode levar a cor até bem próximo ao canto interno, preenchendo digamos dois terços do côncavo (ok, vou parar de dividir seu olho em três, prometo, mas é que facilita, eu acho)

Agora, com o mesmo pincel, pego uma sombra roxa mais escura, com brilho (Beauty Marked, M.A.C.), para escurecer o “V” externo. Aqui, uma sombra preta funcionaria tão bem quanto!

A maquiagem ainda está bem marcada, né? Então você pega um pincel de esfumar mais gordinho (M.A.C. 224), e sombra iluminadora (Naked Lunch, M.A.C.). Ilumina o arco da sobrancelha e já aproveita pra esfumar tudo isso que você fez na pálpebra – vai fazendo movimentos de vai e vem, ou de bolinha, tanto faz, até quase não dar mais para perceber onde começa uma cor e termina outra

Pra finalizar, marquei a sobrancelha com sombra marrom (lembram?), passei muito rímel (DiorShow Iconic) e usei o lápis Binge, da Urban Decay (que é azul), na linha d’água. Na pele, base Teint Resist, Yves Saint-Laurent; corretivo Studio Sculpt, M.A.C.; blush rosa clarinho e iluminador da paleta Secrets Collection, O Boticário. O batom é o Colour Crafted, também da M.A.C.

Eu sei que, pra muitas pessoas, passar sombras pode ser uma das coisas mais difíceis, em termos de maquiagem – na teoria, pelo menos. A ideia de ter que usar não sei quantas cores diferentes, e misturá-las, e esfumar, e marcar côncavo, e iluminar e etc-sem-fim é uma noção meio complexa, mesmo.

Por isso que eu quero mostrar pra vocês um jeito muito muito fácil de fazer isso – usando uma cor só ou, no máximo, duas, mas no mesmo tom. É uma maquiagem monocromática, mesmo, mas que, por ter uma corzinha (não vale fazer tipo com sombra marrom, sabe? Quer dizer, vale, mas não funciona tão bem), super fica boa e ressalta o olho e tudo aquilo que a gente quer. Primeiro, vamos ver como fica, e depois eu mostro a simplicidade da coisa:

Ao vivo é mais coloridinho, tá? Acreditem na foto dos produtos mais do que na dos olhos

Pra fazer isso aí você precisa só de uma sombra coloridinha. Nesse caso, uma cor “ameixa”. Basicamente, você passa na pálpebra inteira e dá uma esfumada pra cima – pode passar um pouco do côncavo, e reforçar a cor nesse esfumado. Eu usei duas, porque quis intensificar a cor, mas não é necessário. Eu usei esses produtinhos abaixo:

Sombras “Blackberry” e “Naked Lunch”, da M.A.C., e “Cinammon”, da Chanel, e pincel de esfumar 217, da M.A.C. Você pode usar a cor que tiver mais à mão (estou doida pra testar um tom vinho, por exemplo – amanhã vou na Liberdade ver se compro, diz que tem do Duda Molinos). Ah, sim – essa sombra do meio usei só pra iluminar o arco da sobrancelha e o cantinho do olho. E assim: precisa, sim senhora, de um pincel decente. Com o de esponjinha não vai funcionar, tsá. (Um dia desses vou fazer um post sobre pincéis, me aguardem.)

P.S.: Como eu sei que eu não sei descrever esses processos, dúvidas nos comentários, ok?

Hoje é dia de aprender a criar no seu rosto uma das tendencinhas de beleza de 2010: as sobrancelhas bem marcadas. Pessoalmente, não sou lá muito fã das apagadas, não. Então, o primeiro vídeo-tutorial deste blog mostra como usar sombra compacta marrom e pincel chanfrado – ou a Solução para Sobrancelhas, d’O Boticário (R$35,90) – para preencher as falhas e deixá-las mais marcadas. Vamos lá (e sejam bondosas comigo, primeiro vídeo etc. e tal. Depois me digam se gostaram, que daí eu preparo mais, também =D):

Ah: pra quem ficar curiosa, o make que estou usando foi inspirado nesse tutorial aqui, da Vivian, uma querida que, além de blogueira, tem uma lojinha bapho.


Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 17 outros seguidores

Atualizações Twitter