Beleza exterior

Posts Tagged ‘sapato

Tenho uma pequena anedota fashion para dividir aqui. Eu sou mega a favor de experimentações de moda, sabe? Acho que não tem muito problema sair um dia vestida de um jeito ridículo (meio ridículo, ok?), desde que seja porque você estava tentando alguma coisa diferente. Porque às vezes essa coisa diferente dá errado mesmo.

Que foi o que aconteceu comigo ontem. Eu tinha visto neste post aqui (de um ótimo blog já não tão novo, da editora de moda Denise Dahdah e outras colaboradoras) uma coisa super fofa e 50’s: meia soquete com escarpim. Fiquei inspiradíssima na hora! Olhem as fotos abaixo (que peguei do mesmo post, grata!) e me digam se não é uma coisa querida:

Aí, comprei uma meinha xadrez lindinha. Vesti um vestidinho básico e acinturadinho, com saia evasê, pra ficar no clima menininha. E quando calcei o sapato… Affe. Não ficou bom, não, viu. Ainda não consegui entender se foi a combinação de cores, se foi o fato de a meia ser curta demais (mas é pra ser soquete!) ou se foram minhas perninhas gorduchinhas e curtinhas. Hmmm. (Mas, em minha defesa, o fato de o salto ser bem altinho e o vestido mais curtinho, e tudo estar meio ton sur ton, deveria ter compensado esses “defeitinhos”. Não? Surtei? Help, Oficina de Estilo! Hahaha!)*

Mas eu não desisto. Tenho também uma meia ¾, e vou tentar usar essa – e também a soquete bonitinha-xadrezinha, que eu não largo o osso! – com oxford. Conto pra vocês se ficar melhor. Oremos.

(Por Laura F.)

*Vejam vocês que eu não sou assim suuuuper adepta das regras “baixinha-pernas-grossas-não-use-tal-coisa”, ok? Amo ankle boots, por exemplo. E quero ver alguém me convencer a não usar. Que-ro-ver.

Anúncios

Ela, a moda andava fazendo isso com várias pessoas – as calças boyfriend, os tamancos clogs, as saias balonês… Tendências que eu particularmente gostei (pelo menos depois de me acostumar), mas que assustaram tanta gente por aí, né. Uma hora ia chegar minha vez. E chegou. Meu pior pesadelo, em termos de moda, está aí, batendo na nossa porta. Em todos os sites de street style. Em breve, nas matérias de moda do Jornal Hoje.

É a espadrille!!! Aaaaaahhhh!!!

Tá, gente, mentira, espadrille é só um nome bonito e chique que deram pra ficar menos medonho o meu medo: eu sei muito bem que isso aí é uma plataforma de cortiçaaaaa  sisaaaal! Corram, save yourself, run for your lives etc. etc. etc.! E, cara, tem outra: essa aí de cima é do Louboutin. God save us, everyone.

Assim. Eu já usei, tá. Há muitos anos eu amava essas sapatos, sei lá por que. Até que passei a detestar plataformas (é pessoal) e, muito mais ainda, cortiça sisal (não gosto nem em móvel, quanto mais nos meus acessórios). E agora, isso. #Comolidar?

Pior de tudo? Do jeito que foi “repaginado” (saltinho menor, cores discretas), e como está sendo usado agora, o sapato não ficou tão medonho quanto era na minha cabeça. Até combina – em algumas meninas muito seletas, magérrimas e epítetos da moda – com looks muito veronis, em tons pastel e esvoançantes. Inclusive meninas que eu admiro muitíssimo e acho que têm muito bom gosto já aderiram. Hmm. Me fez pensar, admito. Olha a Alexa Chung, por exemplo, que virou tipo a garota-propaganda desse modelo:

Virou it-sapato, vocês têm noção?!

Mas continuo não querendo usar. Se você, leitora, atender a algum desses quesitos que eu coloquei entre parênteses, por favor, sejam felizes, você e sua plataforma de cortiça sisal. Prometo não gongar.

UPDATE: @vanessaruiz acaba de me avisar que o salto não é de cortiça, como eu chamava erroneamente, e sim de sisal. E, claro, ela tem tooooda a razão. Então, tá aí: plataforma de sisal, pra quem gostar. =)


Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 17 outros seguidores

Atualizações Twitter

Anúncios