Beleza exterior

Posts Tagged ‘mineralize

Olá, pessoas.
Pois é, apareceu a margarida… Final de ano em vida de professora é isso mesmo: correria total, completa e irrestrita. Se eu sobreviver a isso, o resto vai-que-vai…
Bom, mas vamos falar daquele assunto de que tanto gostamos, não é? Maquiagem.
Antes de começar, quero dizer que não esqueci minha promessa sobre um post falando de alergia a esmaltes e hipoalergênicos. Mas é que eu não pude fazer a unha esta semana e estou com alergia de alguma coisa (Ah, sério? Você, Ana Paula, com alergia? Não brinca…), por isso minha unhas estão terríveis e eu jamais teria coragem de assustar vocês fotografar.

Mas voltando ao que interessa, encomendei tem um tempinho umas coisinhas da coleção Venomous Villains, pareceria da M.A.C com a Disney. Confesso que fiquei, no início, muito mais empolgada com as embalagens mega fofas que com as cores dos produtos (Consumo consciente? Não trabalhamos!).


Mas é óbeveo que meu cartãozinho não se aguentou e arrematei umas preciosidades (Smeagol feelings).
 
Sombra Mineralize She who dares: É minha primeira sombra mineralize da M.A.C, sabe-se-lá-o-porquê. Ela é em tons de azul petróleo e verde musgo (Gente, não confiem muito nessa pessoa descrevendo cores, ok? Loira e disléxica…). Vou dizer que gostei, mas só. Não é a cor mais bonita de todos os tempos e, pra mim, brilha demais. Sei lá, eu tenho medo de sombra colorida (quando eu crescer vou ser igual à Laurinha com suas sombras lindonas, juro…).
Blush Bite of an apple: Esse é lindeza total. Sou suspeita, pois amo blushes, mas tem uma cor meio coral-avermelhado (lá vem ela com essa descrição meia-boca!). Enfim, é lindo, é rhyco, é blush…
Batom Hearthless (Amplified): Vermelão lindo de morrer. Com uma pegada meio vinho. Elegantérrimo. Amo batom vermelho.
Batom Toxic Tale (Satin): Coral mais lindo do mundo. Batom para dormir junto no verão.

Toxic Tale, Hearthless, She Who Dares (verde e azul), Bite of An Apple

Eu tentei fazer umas amostras de cores, mas não sei se fui muito feliz (relevem, vai… minha primeira tentativa). Mas prometo que, assim que usar as coisinhas, fotografo procês, tá?
Bom, people, é isso.
Beijinho,
Ana Paula

Pitaco da Lau: Gente, essa coleção é linda mesmo. Só tenho um comentário a fazer: também comprei o Toxic Tale, e aviso às meninas desesperadas para comprá-lo que ele é igualzinho ao Coral Polyp (que também foi edição limitada!). (Como seria bom eu ter percebido antes de comprar, né? pffff!). E invejo muito esse blush da Ana, se quebrar foi meu olho gordo, aviso já!

Hoje é dia de apresentar a Ana Pichinin, a menina mais querida do Brasil, que vai começar a dar uns pitacos por aqui de vez em quando. Vocês podem até pensar, a princípio “nossa, quanta gente dando opinião, affe”, mas eu vou dizer duas coisas sobre isso: 1- melhor, né? Assim não fico só eu de chata-mor desse blog (hahahaha) e 2- quando ela começar a escrever, vocês vão ver que faltava um pouco de fofura nos posts, e a Aninha vai dar esse contraponto, ó que bom pessoal! Então, vamos deixar ela falar, vai (mas primeiro, olha como ela é linda, gente, vamos invejar?! hahaha):

Olá, pessoas.

Deixem-me, antes de qualquer coisa, dizer quem sou (e o que raios faço por aqui…). Mas, ó, já é tarde e vou fazer por itens, tá? Ainda tenho que tirar a maquiagem e a preguiça já dá o ar de sua graça.

Nome: Ana Paula Pichinin

Idade: 26 anos (quaseeeeee 27)
Profissão: Professora de Literatura (não, eu não trabalho, só dou aula mesmo…)

O que, afinal, estou fazendo aqui: Muito bem… Estou para também dividir minhas descobertas e infinitos desejos nesse delicioso mundo que é o de mulherzinha. Ou seja, mais uma para falar sobre maquiagem, cabelo, pele, esmaltes, moda e tantas outras coisas que fazem valer a pena as cólicas ou a dor da depilação.

Como vim parar aqui? Laurinha, linda e amada, que conheci na pós e por quem sou apaixonada, convidou-me (tá, na verdade eu me ofereci) para fazer parte desse cantinho tão coisa-linda-da-tia e tão bem escrito (medo de escrever num lugar feito por gente tão boa, né?*)
Enfim, muito prazer em conhecer vocês. Espero que sejamos BFF, né?

Pra começar, pensei em mil coisas que poderia escrever. Aliás, aqui já vai minha primeira promessa: no próximo post falarei sobre alergia a esmaltes, pois sou expert, tá?

Mas hoje, só para esquentar os motores (frase de tia mode on), vou contar a vocês quais são os cinco produtos sem os quais eu não fico nem sob tortura, ok?
Bora lá (e vem a tia de novo…):

1 – Studio Fix (M.A.C.) – tá, é batido, vocês já ouviram mil vezes, mas é a melhor base para o dia-a-dia e para quem tem pele oleosa. Amo!! (cor NW20)
2 – Mineralize Skinfinish Natural (M.A.C.) – minha cor é algo entre fantasma e branquela (é a Light Medium). Esse pó é maravilhoso para deixar a pele de veludo e com carinha de moça rhyca e phyna.
3 – Blush – qualquer um, de qualquer marca… sou viciada em blush.

4 – Lápis colorido – idem ao item anterior. Mas meu preferido no mundo é o Le Crayon Khôl, da Lâncome. Dura até a próxima vida e não escorre nem em filme melodramático.
5 – Batom – se for rosa ou vermelho, melhor. Mas eu sou viciada em batom, quase nunca uso gloss. Meus preferidos são os da M.A.C. ainda sou pobre e não tenho Chanel.

Bom, meninas, é isso.
Beijinho,
Ana

*Nota da editora: gente, tá vendo a fofura? Eu não disse?! Affe!

Quando a Laura me contou sobre o telefonema incrível que recebeu da Jade, avisando que a coleção In The Groove tinha finalmente dado o ar da graça nas lojas brasileiras da M.A.C, quase tive um princípio de infarto. De objeto de desejo, os trios de sombra passaram a ser itens de necessidade básica no meu nécessaire. Não poderia passar um dia sequer sem elas. E, claro, não passei. Depois de dar com a cara na porta na loja do Pátio Paulista, que esgotou a coleção em menos de 12 horas, corri para o Iguatemi. E achei as sombras que tanto queria, além de um mineralize sucesso, que não estava no script. Comprinhas lindas, mas será que sobrevivem a um teste de realidade?

Vamos às aquisições e avaliações:

Fresh & Easy Mineralize Eyeshadow
Satin pink: textura acetinada, com brilho perolado e muito sutil. É um rosa médio bem aberto e bonito à primeira vista, mas que não resiste à primeira aplicação. Na pele, vira um rosinha comum e apagado, porém usável. Nota zero para a pigmentação. Esfarela bastante. Decepcionou.

Pearly burgundy: acetinado básico, com brilho perolado bem bonito e mais aparente. É um tom de vinho bem claro, puxado para o rosa. Lindo na embalagem, muito bonito na pele. A pigmentação deixa a desejar, apesar de ser melhorzinha que a da Satin Pink. Mas é a sombra que salva o trio. Durabilidade fail.

Satin grey: textura acetinada e acabamento perolado. É um cinza azulado, bem clarinho. Vibe pastel, para aqueles dias em que você está pura delicadeza, sabe como? Mas a pigmentação… vou até pular essa parte.

Calm, Cool & Collected Mineralize Eyeshadow

Satin beige: beginho quase branco, sem novidade alguma. Sombra muito seca, pigmentação fail. Mas pode ser uma opção para iluminar a base da sobrancelha.

Pearly green: verde claro muito bonito, brilho perolado médio. Nada pigmentada, a cor só aparece de verdade se você usar um primer dos bons. Não solta muito pó, mas a durabilidade… fail.

Satin deep green: belíssimo tom verde musgo, muito lindo na embalagem. Na pele fica mais leve, mas a cor continua muito bonita. Acabamento acetinado, com a melhor pigmentação dos trios que comprei (apesar de ainda não ser essa Coca-cola toda). Muito macia e não esfarela nada.

Conclusão? Diante do sucesso da coleção, talvez eu seja uma chata de galocha… Mas não acho que o investimento tenha valido a pena. Pra mim, apenas duas sombras lindas fazem os trios não serem fracasso total. Não foi um desastre de aquisição, mas sabe? Sombras Mineralize M.A.C (aplicadas com ou sem água, eu testei), adeus.

Acabei de receber uma ligação baphônica, que as amantes e viciadas em M.A.C. em geral (oi, Brasil!) vão adorar.

As lojas brasileiras (pelo menos em São Paulo, é sempre bom confirmar na loja na qual você está acostumada a ir) estão recebendo a coleção Too Fabulous, que foi lançada lá fora no comecinho de março. (Até que um mês não foi tempo demaaaais até chegar aqui, né?)

O forte da coleção, na minha opinião, são os Mineralize Blush Duos, que vêm em seis cores – mas, pras meninas que ainda não largam o gloss, tem uma infinidade de opções novas e reedições.

Minhas lojas preferidas, aqui em São Paulo, são a do Shopping Iguatemi (atualmente em reforma, eles estão atendendo num espaço provisório bem arrumadinho) e do Paulista – essa última, a mais novinha e um pouquinho menor, mas com vendedores ótimos, como a Jade, que já virou minha favorita desde minha última visita.

(Pra quem não gosta do atendimento da M.A.C., aliás, fica essa dica: a Jade me deixou provar tuuuuudo e ficamos um tempão batendo papo sobre lançamento, cores, mil coisas =D)


Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 17 outros seguidores

Atualizações Twitter