Beleza exterior

Posts Tagged ‘Contém 1G

Não sei vocês, mas eu adoro maquiagem com um toque de cor. Um toque mesmo, mais do que aquelas que têm várias mil cores diferentes esfumadas juntas e tudo o mais. (Quer dizer, gosto dessas também, mas e a preguiça de criar e executar, né?) E na hora de animar instantaneamente um look, delineadores e lápis coloridos geralmente são seus melhores amigos.

Mas aí eu vi esse lançamento da coleção Rainbow, da Contém 1g, que trouxe mais uma opção: usar rímel colorido. Por que não?, pensei. Um dia passei em uma loja e trouxe comigo uma das cores – a que me pareceu mais usável, a princípio.

Mas vou dizer que fiquei uns bons quase dois meses antes de realmente usar, sei nem por que. Daí hoje, pensando no que fazer nessa sexta-feira de sol, lembrei dele. E gente, me surpreendi. Olha como ele é bonitinho:

E, além de bonitinho, dá uma alongada legalzinha (mas sei lá, é que meus cílios já são grandinhos, então pra mim ele é ok, não espere milagres, hein!), não borra, é relativamente fácil de tirar…

ih, nessa foto dá pra ver que deu uma borrada no cantinho, né? ops!

E não é tão espalhafatoso quanto eu pensei. Por um lado, a taxista e duas colegas de trabalho notaram na hora a cor diferentosa dele. Por outro, quando terminei de passar eu grudei a cara na cara da minha mãe e disse: “olha que legal meu olho” e ela disse: “o que que tem?”. Então não sei, né. Tô meio em dúvida. Mas o fato é que gostei, e agora pretendo usar mais vezes (e em investir em um de outra marca, talvez um roxinho, ameixa? É uma cor bem universal, eu acho, destaca os olhos!)

Ah: combinei o rímel azul com uma maquiagem quase natural: base (Boots nº7, um dia falo dela pra vocês!), pó (Mineralize Skinfinish Natural) e corretivo (Studio Sculpt), blush coral com microbrilhos (Warm Soul, M.A.C) e batom coral (Copacabana, Duda Molinos).

Ai, que gata, que modelo! Pfff...

 

Acharam muito anos 1980 ou têm coragem de arriscar?

Anúncios

Taí um negócio que a Chanel sabe fazer, viu: lançar umas cores (de esmalte, de batom, whatever) e deixar todo mundo meio louca-do-quartinho atrás. Na maquiagem, o último caso foi o batom Rouge Allure Génial, um coral que é bem cara de verão e foi lançado na coleção Les Pop-Up – a mesma que teve o esmalte Nouvelle Vague.

Mas então daí que vejam vocês: não basta querer um batom Chanel, tem que ter disposição de pagar insanos US$32 – ou ainda mais insanos R$120 – nele. (Sem julgamentos aqui, porque cara. Sou eu falando. Cês acham que eu não sou a insana-mãe de todas as insanidades?) Depois que você decide fazer isso, ainda tem outro problema: encontrar o raio do batom, que a essas alturas já esgotou, virou item de colecionador etc. etc.

E aí toda essa ladainha pra, primeiro, agradecer ao meu bondoso pai que, com muito amor e resignação, encontrou um Génial remanescente numa loja da Chanel em Cannes, nas férias dele, e me trouxe. (Quem tem família tem tudo, né, gente.) E daí eu abri o batom e… uau, ele é lindo, incrível, valeu toda essa peregrinação atrás dele. Olha só:

Sente o drama das minhas fotos cada vez mais artísticas! hahaha

Mas aí olhei, passei na mão, usei uma noite e percebi que… Eu tinha comprado um muito parecido tipo uma semana antes. Ops. Hahahahaha! Era o Báli Intenso, recém-lançado pela Contém 1G. Gente, tão vendo? Se você também era a louca-do-quartinho, resolvi seus problemas! Eles são tipo irmãos, mesmo:

Da mesma família, né?

Na boca ficam ainda mais idênticos. Melhor de tudo: a cobertura do Báli é ótima, a duração de ambos é bastante parecida (em torno de quatro a cinco horas, o que é uma boa média para um batom que nem é matte nem nada). E o preço, né, gente? Custa R$39, o que ok, não é uma pechincha, mas também não é um absurdo para um batom de boa qualidade e cor incrível. E tem loja da Contém 1G em todo canto, olha aqui.

E antes de possuir o Génial, eu já tinha achado um dupe pro próprio Báli: o Coral Gum, que vem no Kit de Batons Rosa Chiclete, da Tracta (esse kit fofo aqui, que ainda tenho que resenhar!). Ele é mais claro e menos rosa do que o Báli e o Génial, puxa mais para o coral mesmo. E a cobertura é um tiquinho mais falhada e menos duradoura. Mas também, é bem mais barato: por R$35, você leva três cores de batom. Bom, né?

Agora é só escolher um coral pra chamar de seu durante o verão.

 


Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 17 outros seguidores

Atualizações Twitter

Anúncios