Beleza exterior

Archive for março 2011

Todo mundo que é alguém no mundo da moda e da beauté (ha-ha-ha) fica sempre doido pra experimentar os esmaltes novos da Chanel, não é mesmo pessoaaal?

Nisso eu não sou nada diferente, acho todos lindos mesmo, dou o braço a torcer, que que tem? Então um dia, passando pela loja só dedicada a coisinhas de beleza da marca no shopping Iguatemi, decidi entrar e comprar um vidrinho e seja o que deus quiser do meu cartão. E aí fui ao salão no fim de semana seguinte e passei, ó:

A foto tá linda desse jeito porque foi tirada do celular. Mas a cor é exatamente essa!

Esse é o Riva. Gatinho? Sim. Mas nosso amor está abalado. Ele é raliiiiinho. Precisa de três – sim, eu disse três – camadas pra cobrir mais ou menos – sim, eu disse mais ou menos. Assim, você passa três camadas e ainda vê o branco da unha. Mas aí chega, né, é da fórmula do esmalte ser assim, superemos. Vamos nos apegar ao fato de que a cor é linda.

Então aí outro dia eu descobri o salão Lilac Nails, uma fofura que fica a duas quadras do trabalho. Onde, segundo me diziam, havia vidrinhos de diversas marcas-desejo, inclusive o amado idolatrado Black Pearl – que me deixou em dúvida na hora da compra-maluca. Fui lá. Pintei.

Agora sim, Chanel! Além de lindo, ele fica perfeito com duas camadas singelas. E assim, não é só um esmalte, é todo um conceito, todo um mistério acontecendo nas suas unhas. É preto? É verde? É cintilante? É metálico? Uau.* (Bem verdade que eu fiz a unha na sexta e hoje, segunda, já tá bem descascado. Bem verdade número 2 que descascou depois que eu saí de uma hora dentro da piscina.)

Enfim. Pras esmaltólatras de plantão que moram em São Paulo, corre lá, fica na Rua Leopoldo Couto de Magalhães Jr., 187, tel. 3078-7970

* Ou sei lá, vai ver isso tudo é meu inconsciente tentando justificar o preço do esmalte. Pode ser, não duvidem de nada, gente.
**Também passei o Pêche Nacrée nos pés (mesma coleção do Black Pearl, a “Les Perles de Chanel”), mas vou poupá-los dessa foto.

Anúncios

Não sei vocês, mas eu adoro maquiagem com um toque de cor. Um toque mesmo, mais do que aquelas que têm várias mil cores diferentes esfumadas juntas e tudo o mais. (Quer dizer, gosto dessas também, mas e a preguiça de criar e executar, né?) E na hora de animar instantaneamente um look, delineadores e lápis coloridos geralmente são seus melhores amigos.

Mas aí eu vi esse lançamento da coleção Rainbow, da Contém 1g, que trouxe mais uma opção: usar rímel colorido. Por que não?, pensei. Um dia passei em uma loja e trouxe comigo uma das cores – a que me pareceu mais usável, a princípio.

Mas vou dizer que fiquei uns bons quase dois meses antes de realmente usar, sei nem por que. Daí hoje, pensando no que fazer nessa sexta-feira de sol, lembrei dele. E gente, me surpreendi. Olha como ele é bonitinho:

E, além de bonitinho, dá uma alongada legalzinha (mas sei lá, é que meus cílios já são grandinhos, então pra mim ele é ok, não espere milagres, hein!), não borra, é relativamente fácil de tirar…

ih, nessa foto dá pra ver que deu uma borrada no cantinho, né? ops!

E não é tão espalhafatoso quanto eu pensei. Por um lado, a taxista e duas colegas de trabalho notaram na hora a cor diferentosa dele. Por outro, quando terminei de passar eu grudei a cara na cara da minha mãe e disse: “olha que legal meu olho” e ela disse: “o que que tem?”. Então não sei, né. Tô meio em dúvida. Mas o fato é que gostei, e agora pretendo usar mais vezes (e em investir em um de outra marca, talvez um roxinho, ameixa? É uma cor bem universal, eu acho, destaca os olhos!)

Ah: combinei o rímel azul com uma maquiagem quase natural: base (Boots nº7, um dia falo dela pra vocês!), pó (Mineralize Skinfinish Natural) e corretivo (Studio Sculpt), blush coral com microbrilhos (Warm Soul, M.A.C) e batom coral (Copacabana, Duda Molinos).

Ai, que gata, que modelo! Pfff...

 

Acharam muito anos 1980 ou têm coragem de arriscar?

Nesse tempo que eu fiquei sem postar deu pra acumular bastaaaante esmalte, né? Mas vou mostrar só um de cada vez, porque não quero gastar a paciência de todo mundo! Vai faltar meu favorito, que não fotografei mas que está loucamente disseminado e fotografado por aí, o Na Mira 3D, da Impala (coisa linda de meudeus!).

O primeiro foi essa inglesinha, com uma combinação que eu acho, pasmem, clássica e linda: vermelho e rosa. (Sem contar que é uma forma discreta de colocar duas cores na francesinha sem chocar muito, já que é quase ton sur ton, né?) São duas cores muito parecidas, e me surpreende a gente não pensar mais vezes em colocá-las juntas:

Usei o Maria Flor, da Impala, com o Rosa Colonial, da Colorama, na ponta.

O que vocês acham? Usariam?

Eu não sei vocês, mas eu amo Sex and the City. Amo mesmo, nem adianta falar que é ruim, que é forçado, que faz as mulheres parecerem todas tontas, eu gosto e ponto final – e assisti aos filmes no cinema e toda vez que eu vejo passando na TV eu assisto de novo (sei quase de cor o primeiro, oi? Hahahaha)

Então achei ótima essa promoção aqui, do Terra TV, que basicamente pede pra você responder uma perguntinha e ganhar várias coisas legais – inclusive créditos para assistir ao filme (o que acho ótimo, porque do 2 ainda não decorei as falas! Hahahahaha)

Daí, então, clica aqui e responde: “Além da amizade, o que mais não sai de moda?” Mas gente, sejam criativas, não me venham com respostas tipo “aaaahhh, o amor”, “a cor preta”, sei lá. Se vira aí.

http://www.facebook.com/TerraTVBrasil/posts/117669788309081

E olha os prêmios que bonitinhos, gente! Posso querer a capinha de iPhone já?

 

Eu quis me dar um presente e marquei uma massagem na Luisa Sato, que tem uma unidade na rua da minha casa. É um lugar cheio de fisioterapeutas japinhas ótimos, que resolvem seus problemas e dores com óleos, pedras, puxões no músculo e tudo o mais. Mas dessa vez eu quis testar um tratamento novo, uma massagem chamada Akassuri – que, a bem da verdade, eu não sabia muito bem o que era. Só sabia que tinha ofurô e esfoliação na parada.

Bom, daí eu cheguei lá, tudo lindo e cheiroso como sempre, fui primeiro pro banho de ofurô (que eu nunca tinha feito. É um pouco esquisito, aquela banheira, as velas, você sozinha lá dentro por meia hora, sei lá. Mas tá, é relaxante, vai). Quando acabou o ofurô e eu tava linda e cheirosa, a massagista me disse: “a esfoliação é sem produto nenhum, você sabe, né?” Oi? Sei não, comofas esfoliação sem produto?

Bom, é com uma luvinha super engraçadinha. E água quente. Ela molha a luva na água e basicamente esfrega sua pele. Tipo tira as células mortas no muque – é uma massagem bem forte, uma esfregação mesmo! Achei lúdico. (E só um tiquinho incômodo, quem tem pele sensível acho que não vai gostar não!) Ah, e apesar da carinha da japinha da foto ilustrativa aí de cima, não é tão relaxante quanto as outras massagens, justamente por causa da esfregação contínua.

Depois você toma uma ducha pra remover as “sujeirinhas” que ficam na pele e aí vem uma hidratação mega melequenta, com óleo de massagem. Essa parte eu dispensaria, porque não gosto muito desses óleos, tenho a impressão que eles hidratam só meio superficialmente.

Mas a mágica é que sua pele fica muito muito lisinha mesmo! É bem impressionante – e olha que eu estou acostumada a usar esfoliante uma vez por semana. Faz diferença, é como se fosse uma esfoliação mais poderosa, sabe? Gostei, e quero repetir no futuro!

(Mas esperem! Não ligue ainda! Depois disso eu fiz um shiatsu facial… sobre o qual falo outro dia porque blogueira adora guardar assunto pra ter mais post.)

*Foto: Reprodução

Chega uma época na vida de toda pessoa todo blog em que um post como esse se faz necessário. Chato, porém necessário. É aquele post em que eu me desculpo com todo mundo que têm me perguntado por que parei de escrever – todo mundo mesmo, desde minhas amigas até anônimos passando pelas colegas de trabalho do meu pai – e digo que não abandonei o blog e imploro que, por favor, não deixem de passar aqui, porque prometo novas emoções na próxima semana, leitoras e leitores.

A desculpa razão é a mesma de sempre: muito trabalho, muito sono, muito lugar pra ir, pouco tempo. (Tipo assim ontem me senti a Blair nesse episódio de Gossip Girl, é uma loucura minha vida gente olha só.*)

Bom, chega dos detalheszzzzzzz sobre meu emocionante e ocupado dia a dia. Por enquanto, o que posso dizer é que temos para os próximos dias: relatos sobre minha primeira experiência com uma costureira (roupa prêt-a-porter é para as massas, beibe), uma massagem diferentosa e muito legal, vários produtos novos etc. etc.

Quer dizer, gente. Ou não, eu sempre posso acabar esquecendo de postar de novo, mas não deixem de passar aqui, prometo muitas novas emoções etc. etc.

*Sim, contém ironia

 


Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 17 outros seguidores

Atualizações Twitter