Beleza exterior

Archive for fevereiro 2011

Pra ser sincera, ainda não tive tempo de olhar com calma as galerias de foto do primeiro dia de desfiles da Semana de Moda de Nova York, cuja edição de Outono/Inverno 2011 começou ontem (dia 10 de fevereiro). Mas quando vi essa foto do backstage da Vena Cava não me aguentei e vim correndo postar, porque acho que a semana, pelo menos na beleza, começou num tom muito promissor:

Muito incrível na passarela, gente! Eu sei que vocês tão aí olhando a foto e olhando meu título e pensando “que menina louca, magina que alguém ia usar tanto glitter assim!”. E né, claro que não é esse tanto de glitter. Mas pensa, por exemplo, em tirar a coisa grunge do look e usar de uma forma mais soft, que dizer, colocando por exemplo uma sombra azul metálica em toda a pálpebra e um glitter prateado por cima, pra uma balada? (Tá bom, vai, pro Carnaval, então!)

O olho, segundo o site Bella Sugar, foi feito com glitter da M.A.C nas cores 3D Silver, Silver e Purple Reflects. E o maquiador Christian McCulloch colocou o glitter com os dedos mesmo, uma boa dica, acho que é mais fácil de controlar do que com pincel. E os são lábios bem cor de boca, pra não “brigar”, né.

Enfim, amei. E vocês?

Fotos: Sabino (tumblr) e Bella Sugar

Taí um negócio que a Chanel sabe fazer, viu: lançar umas cores (de esmalte, de batom, whatever) e deixar todo mundo meio louca-do-quartinho atrás. Na maquiagem, o último caso foi o batom Rouge Allure Génial, um coral que é bem cara de verão e foi lançado na coleção Les Pop-Up – a mesma que teve o esmalte Nouvelle Vague.

Mas então daí que vejam vocês: não basta querer um batom Chanel, tem que ter disposição de pagar insanos US$32 – ou ainda mais insanos R$120 – nele. (Sem julgamentos aqui, porque cara. Sou eu falando. Cês acham que eu não sou a insana-mãe de todas as insanidades?) Depois que você decide fazer isso, ainda tem outro problema: encontrar o raio do batom, que a essas alturas já esgotou, virou item de colecionador etc. etc.

E aí toda essa ladainha pra, primeiro, agradecer ao meu bondoso pai que, com muito amor e resignação, encontrou um Génial remanescente numa loja da Chanel em Cannes, nas férias dele, e me trouxe. (Quem tem família tem tudo, né, gente.) E daí eu abri o batom e… uau, ele é lindo, incrível, valeu toda essa peregrinação atrás dele. Olha só:

Sente o drama das minhas fotos cada vez mais artísticas! hahaha

Mas aí olhei, passei na mão, usei uma noite e percebi que… Eu tinha comprado um muito parecido tipo uma semana antes. Ops. Hahahahaha! Era o Báli Intenso, recém-lançado pela Contém 1G. Gente, tão vendo? Se você também era a louca-do-quartinho, resolvi seus problemas! Eles são tipo irmãos, mesmo:

Da mesma família, né?

Na boca ficam ainda mais idênticos. Melhor de tudo: a cobertura do Báli é ótima, a duração de ambos é bastante parecida (em torno de quatro a cinco horas, o que é uma boa média para um batom que nem é matte nem nada). E o preço, né, gente? Custa R$39, o que ok, não é uma pechincha, mas também não é um absurdo para um batom de boa qualidade e cor incrível. E tem loja da Contém 1G em todo canto, olha aqui.

E antes de possuir o Génial, eu já tinha achado um dupe pro próprio Báli: o Coral Gum, que vem no Kit de Batons Rosa Chiclete, da Tracta (esse kit fofo aqui, que ainda tenho que resenhar!). Ele é mais claro e menos rosa do que o Báli e o Génial, puxa mais para o coral mesmo. E a cobertura é um tiquinho mais falhada e menos duradoura. Mas também, é bem mais barato: por R$35, você leva três cores de batom. Bom, né?

Agora é só escolher um coral pra chamar de seu durante o verão.

 


Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 17 outros seguidores

Atualizações Twitter